Cueiro / Lençol de xixi

Lençol de xixi 

Você sabia que o cueiro ou lençol de xixi é um item indispensável ao enxoval do bebê? A peça sempre foi muito popular entre as mamães, afinal, é aproveitada de diversas maneiras.

Para deixar o recém-nascido aquecido e protegido é uma boa pedida. Os famosos “charutinhos”, que enrolam e acalmam o bebê, são feitos com o cueiro ou lençol de xixi!

Além disso, o cueiro ou lençol de xixi serve para cobrir superfícies e garantir que o bebê esteja em um local bem limpinho. Com a peça, é possível forrar:

  • o bercinho da maternidade;
  • o bebê conforto;
  • o trocador de fraldas;
  • o carrinho de passeio.

O cueiro ou lençol de xixi também evita que a delicada pele do bebê entre em contato com tecidos que podem causar alergias. Todo cuidado é pouco para deixá-lo confortável e resguardado desde cedo.

Ao escolher o cueiro ou lençol de xixi, opte por tamanhos grandes, capazes de cobrir por completo o berço do bebê. Lembre-se de lavar a peça com um sabão neutro e separada das demais roupas da família.

Em nossa loja virtual, você encontra cueiros ou lençóis de xixi confeccionados com algodão puro, o tecido ideal para proteger a pele dos bebês. Nossas peças são artesanais, incrivelmente macias e leves, perfeitas para trazer aconchego e bem-estar ao seu pequeno.

São itens primorosos e delicados, que agradam mamães que adoram complementar enxovais com itens exclusivos e personalizáveis. Imagine ter o nome do seu bebê bordado no cueiro ou lençol de xixi!

 

A versatilidade do cueiro de bebê é incrível. Sempre que as mamães me perguntam sobre enxoval indico ele como item indispensável para o dia a dia com o bebê. Por isso, resolvi escrever um post especial para contar tudo o que você precisa saber sobre essa peça. 

Se interessou? Basta continuar a leitura para conhecer as origens do nome, as utilidades e os tipos de cueiro de bebê!

Afinal, o que é o cueiro de bebê?

O cueiro de bebê, também conhecido como lençol de xixi no Nordeste, é um pano leve e bem fininho. Em termos de espessura o cueiro é um pouco mais grossinho que uma fralda de pano e mais fino do que uma manta. Ele pode ser encontrados em diversos tecidos, sendo o percal e cambraia de algodão os mais comuns e utilizados.

Antigamente, o cueiro de bebê era usado para embrulhar os pequenos como um pacotinho. Hoje, no entanto, os usos são os mais diversos, como mencionei no começo do post. Falarei mais sobre isso no tópico seguinte.

Você provavelmente achou o nome estranho, não é? No dicionário Michaelis, o significado de “cueiro” é realmente “o pano que envolve a criança da cintura para baixo”. E se você reparar bem, verá que existe um palavrão embutido aí. Na palavra, a terminação “eiro” tem o significado de lugar para guardar algo, assim como em tinteiro ou açucareiro. Curioso, não é?

Para que serve o cueiro de bebê?

Como falei, o cueiro de bebê é uma peça fundamental para o dia a dia. Aliás, esse item continua sendo muito útil mesmo depois que os pequenos crescem um pouco, viu? Meus filhos utilizaram bastante até os dois aninhos de idade.

Explico, a seguir, como você pode aproveitar a versatilidade do cueiro de bebê. Acompanhe!

Embalar o bebê

Já ouviu falar na técnica do charutinho? Ela é antiga e feita em muitas maternidades ainda. Consiste em embrulhar o recém-nascido de forma acolhedora, para que ao não conseguir mexer os bracinhos e pernas, ele sinta-se seguro e aninhado.

A prática acalma o recém-nascido, afinal, seus movimentos ficam limitados, ele está seguro, encolhido e quentinho, como se estivesse dentro do útero. Mas, muitos especialistas não indicam mais o “charutinho”, uma vez que existem riscos para a criança, como asfixia. Por isso, recomendo que converse com o seu pediatra antes de utilizar a técnica para entender todos os riscos, tudo bem?

Secar o bebê

Utilizei muito o cueiro de bebê para secar meus pequenos quando não achava toalhas limpas. Para isso, sempre preferi os cueiros de algodão, afinal, o tecido é indicado como mais adequado para a pele delicada dos pequenos.  

Servir de cobertor

Quando bate aquele friozinho no final de tarde e os pequenos acabam dormindo, o cueiro de bebê serve como um cobertor quentinho e levinho. Nas noites mais frias, você pode colocá-lo entre a pele do bebê e um cobertor mais grosso. Isso evita possíveis irritações na pele, além de deixar a criança superaconchegada.

Passadeira no berço

O cueiro de bebê também é útil como passadeira de berço. Você pode deixá-lo embaixo do pequeno e fazer a troca da peça quando necessitar, por exemplo. Isso evita a troca do lençol diariamente.

Forrar o trocador

Sempre forrei o trocador com o cueiro de bebê, especialmente quando meus filhos eram recém-nascidos, para evitar qualquer tipo de irritação ou mesmo alergias. Acredito que a peça até deixa o bebê mais confortável e quentinho durante as trocas. 

Forrar o carrinho de supermercado

Falando em alergias e irritações, é bom forrar os carrinhos de supermercados com o cueiro de bebê, assim como aqueles trocadores comunitários que encontramos nos banheiros das mamães. Afinal, não há garantias de que eles sejam higienizados todos os dias, não é mesmo? Na dúvida, utilize o item para proteger a pele delicada do pequeno.

Servir de naninha

Difícil encontrar uma criança que não tenha tido um paninho de estimação, não é? Esses paninhos, que podem ser fraldas de pano ou mesmo o cueiro de bebê, trazem muita tranquilidade e conforto aos pequenos, substituindo até o colo da mãe em alguns momentos.

São companheiros essenciais na hora de dormir e algumas crianças estão com eles a todo momento. Por esse motivo, recomendo a higienização desses itens sempre. Lave as peças todos os dias, se necessário.

Quais são os principais tipos de cueiro de bebê?

Viu como o cueiro de bebê é muito útil? Depois que você passa a usar a peça, percebe que é impossível deixá-la de lado no dia a dia. Agora que entendeu as utilidades do item e as origens desse nome curioso, falarei sobre os tipos de cueiro de bebê. Vamos lá?

Como disse, o cueiro de bebê é um pouco mais fino que uma manta e mais grosso que uma fralda de pano. Podemos encontrar a peça em diversos tecidos, como lã, flanela e existem até as versões atoalhadas. No entanto, o tecido de algodão puro costuma ser o mais indicado e confesso que é meu preferido.

A pele dos recém-nascidos é muito sensível e propensa a desenvolver alergias. Acredito que todo cuidado é pouco para evitar possíveis desconfortos e irritações, por isso, eu indico o algodão puro sempre para as mamães. A maciez do tecido é ideal para promover muito aconchego aos pequenos.

Quanto aos tamanhos do cueiro de bebê, você também encontrará muitas versões. Existem os de 50cm x 80cm ou 100cm x 70cm, por exemplo. Sugiro adquirir de todos os tamanhos, na verdade. Como a peça é versátil, você utilizará todos, mesmo os pequenos.

Pronto. Você já sabe tudo sobre cueiro de bebê! Como pode conferir, esse item é multiuso e pode facilitar bastante o seu dia a dia. Por isso, vale a pena ter várias peças no enxoval e dar preferência pelo algodão, o melhor tecido para a pele do bebê.

Depois de saber mais sobre o assunto, o que acha de dar uma olhada nos cueiros de bebê da Xique Xique Brasil? Eles são artesanais, feitos de algodão puro e podem até ser personalizáveis. Conheça nossos modelos!